Planejamento e Gestão de Mudanças

Eu resolvi criar o blog com uma série de objetivos, que incluem desde marketing pessoal a disseminar conhecimento.

Como acontece de a maioria das coisas na vida se tornarem maiores do que o propósito original, o mesmo aconteceu com minhas publicações, tanto aqui quanto no Pulse.

Tenho ganho novos amigos em virtude apenas do ato de escrever sobre minhas experiências. Isso me traz outros benefícios, como conhecer e trocar experiências com pessoas que acreditam na importância no conhecimento que se divide. Hoje tive duas leituras que valem a pena ser lidas e aproveito para inaugurar nova seção do blog, que é disseminar conhecimento dos outros.

Planejamento de Obras – Inovar é preciso – Aurora Martins

Na verdade a Aurora não apresenta nenhuma ferramenta nova, e que não esteja disponível na literatura.

O que ela faz e muito bem é dizer COMO FAZER!

Estamos falando em crise o tempo todo, mas na verdade somos culpados também. No momento da bonança, quantas empresas ou profissionais tentaram melhorar? Muito poucas. Atrasamos obras, os custos aumentaram, repassamos os preços para o consumidor final e por ai foi.

Agora não podemos mais agir assim. Aurora então nos fornece um caminho que pode ser seguido.

Link para o Artigo AQUI.

door-672999_640

Como Escolher o Método de Gestão da Mudança – Rodrigo da Costa Menezes

O grande problema da proposição da Aurora é que isso envolve mudanças. Na verdade, qualquer engenheiro que trabalhe em obras, ou qualquer um acostumado com gerenciamento de projetos sabe que o que mais ocorre é mudança. Nós adoramos pensar em uma obra do inicio ao fim sem mudanças, mas elas nunca ocorrem. Gerenciar mudanças então se torna crítico.

A maioria de nós gerencia empiricamente (se é que gerenciamos) as mudanças.

Coincidência ou não, foi que vi a Revista Mundo Project Management, 71, na banca, que tem uma artigo do Rodrigo Costa que aborda gestão de mudanças.

Rodrigo cria a Bússola da Mudança com o objetivo de dar um norte para nossas decisões (brilhante o nome, não? :))

Trata de forma pragmática os conceitos que pretende passar e em nenhum momento nos faz caminhar na tentação “procure um guru”, “faça isso e consiga aquilo”.

Lamentavelmente o artigo não se encontra disponível on line, mas vale a ida até a banca e comprar essa edição (os outros artigos também estão muito bons).

Você pode saber mais sobre Aurora Martins AQUI e sobre Rodrigo da Costa Menezes AQUI.

Acesse o perfil deles no Linkedin e deixe seus comentários. Aproveite e veja suas outras publicações.