Tudo como você nunca viu!

As instalações elétricas para uma usina Solar FV podem ser divididas em três grandes partes:

  • Instalações Elétricas em CC
  • Instalações Elétricas em BT
  • Instalações Elétricas em MT

Para interligar a Usina de mini geração à rede da concessionária é frequente a apresentação do Projeto e a instalação de uma Subestação.

Vamos entender de uma vez por todas

O projeto de uma Subestação é muito mais do que desenhar um layout com os equipamentos. É necessário o conhecimento do desempenho destes componentes frente à utilização em corrente alternada (CA).

E como sempre destaco: fundamental saber consultar as normas específicas para cada atividade de projeto de engenharia.

Para suprir a carência que o mercado apresenta aprimorei um conteúdo específico em SE voltada à mini geração!

Este é o curso Ligação Solar !

Vamos saber mais ?

Então, comece a se perguntar:

Repetindo como sempre faço:

É fundamental a leitura e observância das Normas Técnicas específicas.

Você domina os conceitos fundamentais de eletricidade?

Iniciamos o curso com o alinhamento dos conceitos principais para que você possa relembrar e/ou compreender os tópicos relevantes.

Leis: Ohm, Kirchhoff, Poillet

Números complexos

Soma vetorial

Você ainda lembra?

E da diferença entre tensão de linha e tensão de fase?

Responder com raiz de três vezes alguma coisa vai tornar sua vida difícil (hehe)

Tem mais:

Circuito delta-estrela, transformações, potência aparente, ativa, reativa e fator de potência…

Ainda lembra?

Toma fôlego e segue aqui, junto comigo:

https://unsplash.com/@jacksloop

É o momento de analisar os equipamentos de Subestação/Cabine primária

Estudar as características dos principais dispositivos e equipamentos utilizados em 13,8 e 34,5kV, dentre eles:

  • Transformadores;
  • TC de medição e proteção;
  • TP;
  • Disjuntor
  • Chave seccionadora;
  • Pára-raios;
  • Cabeamento e muflas
  • Relés

Concentra e continua:

Tipos de Subestação

Percorremos os principais tipos de Subestações consumidoras:

  • Simplificada;
  • Ao Tempo;
  • Abrigada blindada x convencional

Qualquer tipo de SE pode ser empregada em FV?
Que impactos a opção por um tipo de SubEstação traz ao projeto?

Questões importantes que você precisa responder!

Dimensionamento de Subestação

Partimos para dimensionar a Subestação de uma Usina fotovoltaica.

Cada integrante do curso desenvolve um projeto para atender aos requisitos da Concessionária adotada (escolhida).

Define o transformador

Dimensiona a seção do cabeamento

Determina a localização do seccionamento

Determina o para-raios

Estabelece a proteção: TC e TP

Proteção

Como fazer uma proteção contra sobrecorrente da entrada de energia?

Proteção de transformador e cabos de MT?

O que é a proteção 50/51?

Como fazer o coordenograma para uma UFV?

Mais perguntas para você anotar e conferir ao final da sua capacitação.

Desenho de Subestação

Tudo reunido, vamos ao layout da Subestação com o desenho eletromecânico nas ferramentas do tipo CAD.

Princípios de Aterramento

Finalizaremos a parte teórica do curso com os princípios de aterramento de uma Subestação.

Em resumo, a dinâmica do curso “Ligação Solar” é:

Acesso às vídeo aulas teóricas na área restrita aos participantes do curso.

Encontros on-line e ao vivo que ficam gravados, permitindo o acesso posterior para rever e estudar mais detidamente.

No total são 10 sessões, de fato uma mentoria, com um mínimo de 2 horas de duração cada uma.

Dá para sanar as dúvidas e desenvolver toda a parte CA e o projeto da Subestação de forma assistida e eficiente.

Próximas Turmas:

Fique atento que abriu a próxima turma!

Aula inaugural dia 03/11/2020 às 19h00 (horário Brasilia)

Ementa resumida:

On Line - Usina Solar Como Nunca Se viu

Que tal você projetar uma usina solar fotovoltaica de minigeração?

Aprenda fazendo.

Isso mesmo, um curso On Line – Usina Solar Como Nunca Se Viu

Sim, VOCÊ!

Nosso curso de usina, o Usina Solar Como Nunca Se viu, a parte 1, que trata sobre o projeto elétrico em CC, baseado na ABNT NBR 16690 foi repaginado e agora é On Line e ao vivo.

É o momento de investir em você…

Investir na sua capacidade

É o conhecimento que faz com que você possa se diferenciar no mercado.

Segredo do Sucesso

Não tem receita, não tem 7 passos para uma usina performar.

Tem normas, tem conceitos de elétrica, tem estudo constante, tem criatividade…

Tem exercício de engenharia.

Do contrário, é embromation, e na boa, aqui não é este lugar.

#prontofalei

Como será é o Curso?

Serão 8 encontros on line e ao vivo e mais a aula inaugural.

A parte teórica da ABNT NBR 16690 vocês terão em vídeo aulas, liberadas antes do inicio do curso, para que, em aula, possamos colocar a mão na massa.

On Line - Usina Solar Como Nunca Se viu - habilidade

Todas as aulas ao vivo serão gravadas, para que você possa rever depois.

O que abordaremos?

Passo 1 – Definindo o Layout da Usina

Como fazer? Quais os pontos a observar? Pitch?

Diferenças no Layout entre Fixo e Tracker. Consequências na geração de energia.

Passo 2 – Inversores diferentes, arranjos diferentes

Definido o Layout, como será o arranjo fotovoltaico?

Inversor com um MPPT e uma única entrada, inversor com um MPPT e múltiplas entradas ou inversor com múltiplos MPPT e múltiplas entradas, como ficam meus arranjos?

Sim, você vai fazer 3 projetos!!

Aliás, é melhor o inversor na mesa (junto aos módulos) ou centralizado?

Passo 3 – Chaves, fusíveis, DPS, onde colocar?

Após os arranjos definidos, qual a especificação e como dimensionar fusiveis, DPS e seccionadores?

O cabeamento, qual posso usar?

Quais os métodos de instalação?

Qual a corrente de trabalho?

On Line - Usina Solar Como Nunca Se viu - combiner box

Passo 4 – Homologação na Concessionária

E vamos falar sobre HOMOLOGAÇÃO.

On Line - Usina Solar Como Nunca Se viu - homologacao

Como ler a norma da concessionária? Cuidados que se deve ter.

Vou mostrar a minha técnica para avaliar as normas de concessionária e levantar as exigências especificas em uma primeira vez.

Vou contar também as dores, ou você acha que a vida é fácil?

Passo 5 – Entrega dos projetos

On Line - Usina Solar Como Nunca Se viu - projeto

Vocês entregam o projeto, e eu faço a análise de engenharia. Sabe o cliente que tem um consultor?

Bem, agora você vai defender seu projeto.

Passo 6 – Documentação do Projeto

Se tem projeto, tem engenharia e tem normas.

E as normas determinam o que entregar.

A NBR 16690, a NBR 5410, a NBR 16274.

Isso é importante não só quando você entrega a obra, mas é importante também quando você vai contratar outra empresa.

Encerramos o curso assim, projeto feito no lado de CC e documentação pronta.

On Line - Usina Solar Como Nunca Se viu - calendario

Dias e horários:

Nossos encontros serão as terças e sextas, das 19 as 21hs, horário de Brasília, a partir do dia 25/11/2020.

Nossa aula inaugural é para explicarmos a dinâmica do curso e outras questões gerais. Será no dia 21/11, de 9 as 11hs da manhã.

Bônus:

  • Curso on line de Autocad;
  • Participação em grupo fechado do Telegram, apenas com alunos do meu curso de usinas;

É a última turma de 2020!

https://viniciusayrao.com.br/produto/ead-usina-solar/
Usina 1MW

Mercado crescendo e você fechou a execução de um projeto de uma Usina FV 1MW?

E agora? Usina FV 1MW ?

Uma usina FV não é só saber colocar módulo e inversor.

Também não é só ligar para o distribuidor e comprar o kit. (vc é um despachante ou engenheiro? Leia aqui.)

Tem dúvidas disso?

Você não deve ter visto instalações FV que se incendiaram, telhados que caíram e usinas que não performam…

Proteção das pessoas e do sistema

Onde colocar o fusível?

Como calcular o cabo? Qualquer tipo de cabo pode?

Tem DPS? Aonde?

Vamos aprender?

Em um curso 101% hands on (sim, 101%, afinal, eu entrego mais que os demais 🙂 ), faremos um projeto de uma usina FV, de 1MWca, usando métodos ágeis, post-it e muita, mas muita interação.

Como funcionará?

Uma semana antes do curso você receberá o acesso as vídeo aulas (você continua com o acesso por mais 90 dias após o fim do curso), com os conceitos teóricos do dimensionamento.

E nos dias 22 e 23/02, presencial, vocês farão o projeto, passo a passo, revisando os pontos da parte teórica.

O que abordaremos?

Nesse curso abordaremos a parte em CC da usina, desde o seccionamento, passando pela proteção, o dimensionamento dos condutores, e quando e onde usar os DPS.

Como ele foi preparado?

O curso foi preparado com base nas principais normas técnicas nacionais e internacionais que tratam de FV.

Está baseada na IEC 62548 e já adaptada ao projeto de norma da ABNT NBR 16.690, que tratará especificamente dos arranjos fotovoltaicos.

Turma confirmada e estamos nas últimas vagas!! Encerramos as inscrições no dia 18/02!!