Gestão de Clientes – CRM parte 2 Interação

Chegou aqui agora?

Para facilitar o entendimento, dá uma olhada no post anterior. Para pegar desde o início, clica aqui

Podemos seguir??

Prospecção de cliente concluída, conjunto selecionado e abordagem planejada, certo?

 

Interação – momento de conversar com seus possíveis clientes

Nesta fase, com a abordagem consolidada na sua cabeça, você vai começar a por “a mão na massa”.

Vai fazer os contatos e iniciar as conversas, dirigindo o assunto para os pontos que você considerou no seu planejamento.

Se você fizer alguns ensaios, antes de começar de fato, você só tem a ganhar. Poderá ajustar o tom da sua voz, a sequência da conversa e estará mais focado quando acontecer pra valer, combinado?

Vamos repetir também aqui

Interagir não é vender! 

 

Então o que é?

É a fase de estabelecer o contato com o universo de possíveis clientes.

Portanto, você vai propor, vai trazer alguns estímulos para que o outro lado da conversa possa contar para você qual é o tipo de problema que ele tem e que precisa de solução. Vai verificar se o seu planejamento é eficiente ou que precisa de ajustes.

Observe abaixo o mapa mental, sempre ele, com a ênfase nas três etapas da interação

 

1 – Meio

Telefone, aplicativo de mensagens, e-mail…

Como ESTE possível cliente prefere receber o contato. Para cada conversa, para cada um deles pode ser diferente o meio preferencial de acesso.

Verificar é demonstrar o interesse pelo relacionamento e você deseja que esse interesse seja notado, não é?

 

2 Autorização

Se você não se aborrece em receber propostas que você não pediu, parabéns! (he he)

A maioria se aborrece e muito. Então, para reforçar a demonstração de manter a relação comercial em bons termos, obtenha, tão logo possível, a autorização para contatos.

Concentre os esforços em obter os dados suficientes e necessários para seu objetivo.  

Especialmente após entrar em vigor a Lei 13709 LGPD (lei geral de proteção de dados) é fundamental manter sua base de dados de contatos conforme a legislação e as boas práticas.

Tenha em mente que você é responsável pela manutenção das informações assegurando que se mantenha resguardada de ataques e invasões mal intencionadas.

Dúvidas até aqui? Retorna a leitura se for o caso e depois vamos adiante!

 

3 Conhecimento

Você realizou os contatos, conferiu que o seu planejamento de ações está “redondo”. 

Obteve a autorização para o prosseguimento da relação comercial.

Então, é a fase de registrar com detalhes as diversas oportunidades que cada contato trouxe.

Ao final da fase de interação você deve ter o CONHECIMENTO do que precisa ser apresentado ao “quase” cliente para o tão sonhado “fechamento da proposta”.

Vai saber que cada problema que contaram, cada dificuldade, cada obstáculo é, para você, uma enorme chance.

A chance de apresentar a solução diferenciada das demais que o mercado mostra por aí.

É o melhor caminho para trazer o resultado que você pretende.

 

 

 

Você vai se posicionar de forma diferente, sem aquela receita pronta. 

 

Para fechar a conversa:

Neste post detalhamos a segunda atividade de gestão de clientes que é a interação.

Mostramos sugestões das etapas da interação: meio, autorização e o conhecimento.

No próximo post avançaremos para a proposição.